Qual o momento certo para tocar violino usando o vibrato?

Qual o momento certo para tocar violino usando o vibrato?

Essa é uma pergunta que muitos alunos e iniciantes em geral me perguntam. Pois é bastante comum que todos já queiram tocar com o vibrato logo de cara. Mas não é bem assim, o vibrato deve ter todo um preparo técnico a ser feito antes de ser aplicado nas músicas.

Mas porque?

Para responder essa pergunta eu vou usar uma analogia muito simples que pode ajudar a entender. Vamos imaginar um bebê de poucos meses de idade, que não sabe andar e nem engatinhar e se ele chegasse pra você e dissesse (mesmo sem falar), EU QUERO ANDAR DE BICICLETA! Como assim, você pensa um bebê que não anda, não corre e não fala. Quer andar de bicicleta? Pois é, assim que eu penso quando os iniciantes querem fazer vibrato. Eles não sabem nem distinguir as notas que estão desafinadas e quer aprender uma técnica que mexe com a afinação do instrumento.

Afinação, como assim?

Isso mesmo que você ouviu. O vibrato é uma técnica que mexe com a afinação de cada nota. Ele desafina 1/4 de Tom de cada nota e depois reafina a mesma nota. Então por ai, já podemos saber que o aluno deve ter um ouvido bem trabalhado antes de tocar as notas com vibrato, pois se a nota for desafinada, ela deve ser reafinada e se o aluno não souber onde a nota deve estar corretamente ele fica sem nenhuma referência.

E agora o que eu faço?

Você deve, estudar muitas escalas na primeira posição em vários tons e em variados níveis de dificuldade. Muitos exercícios de afinação de notas, começando pelas notas que tem uma corda solta correspondente como “SOL, RÉ, LÁ” e exercícios de velocidade. O método Suzuki peça os primeiros exercícios de vibrato a partir do volume 3. Então, como sugestão, estude o volume 1, 2 e 3 e ai sim estude vibrato. Mas sempre como a supervisão do seu professor.

Veja aqui como estudar Escalas no Violino

Se você já estuda vibrato deixe sua experiência nos comentários! 🙂

Deixe uma resposta